Sim, eu tenho medo de doar sangue

Ei gente, como estão vocês. Vamos criar uma nova seção no site chamado Vlog. A intenção é falar um pouco sobre a nossa rotina. E hoje eu fui doar sangue com muito medo…

Além do algarismo de doadores ser deficiente, o frio espanta quem está acomodado a aplicar-se. O idade é data do ano em que os estoques dos bancos de sangue ficam também mais baixa.

Cacuri de 30% das indivíduos também possui medo em aplicar-se. E quem contribui para esse quadro são exatamente as mulheres. Em um acréscimo realizado pela ANVISA (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária), mais da meio das entrevistadas admitiram que de modo algum doaram sangue.

Os números similarmente provam que quem doa, volta. Mais de 50% dos doadores já fizeram mais do que 5 doações em jejum (muito importante). Um adágio de que os voluntários se sentem bem em auxiliar. Veja se você pode se candidatar. A verdade é que quem decide realizar esse postura solidário não corre riscas de contrair doenças e também pode abrigar-se quatro vidas. Ao contrário do que muita gente pensa, a auxílio não engorda, emagrece ou afina o sangue e nem sequer coloca o corpo mais rúptil. Porém a informação pode ser uma artifício em oposição a esta cadastro.

Quem pode: indivíduos entre 18 e 65 anos, com ótima saúde e que pesam mais 50 kg
Indivíduos que passaram por cirurgias há pouco tempo ou quem já tiveram hepatite, Cachimbo, batedeira ou doenças transmissíveis pelo sangue, como AIDS similarmente não são capazes de se candidatar. Quem não pode: quem está com febre, constipação, faz consumo de alguns remédios, possui comportamento de perigo para doenças sexualmente transmissíveis, grávidas ou mulheres que acabaram de ter filhos.

  1. Como funciona: Quem doa sangue necessita mudar por 6 ciclos.
  2. Arquivo: o candidato apresenta a carteira de identidade e preenche uma bilhete com os dados pessoais.
  3. Teste de abatimento: uma baga de sangue é afastamento do aptidão. Quem possui abatimento não pode aplicar-se.
  4. Vestígios vitais e peso: é acontecido o batimento cardíaco, a pressão arterial e o peso
  5. Casting clínica: uma depoimento confidencial é realizada para abonar que a auxílio não apresenta riscas ao candidato ou ao estetoscópio.
  6. Auto-exclusão: nesta etapa o amanhã concessor possui uma última aberta de dizer se possui ou não comportamento de perigo para doenças transmissíveis pelo sangue, como AIDS.
  7. Arrecadação: é coletado cacuri de 450 ml de sangue em uma alforje de consumo único.
    Lanche: o concessor recebe um lanche depois de a auxílio.

Em seguida de aplicar-se, similarmente é necessário seguir algumas orientações como evitar força cofre, ingerir muito líquido, não fumar por duas horas, não beber bebida alcoólica por 12 horas e preservar o bandagem por pelo pouco 4 horas.

Dicas para viajar com crianças

Oi gente, enfim voltamos com nosso Blog. Aconteceu muita coisa desde a última postagem. A melhor novidade é que agora temos um lindo bebê.

Hoje vamos falar como viajar com suas crianças.Você certamente já viajou com crianças e sabe como essa missão pode ser trabalhosa. Com os pequenos, qualquer acaso pode acabar em dor de cabeça. Porém não necessita ser dessa maneira: planejando a viagem, você pode perceber o estresse do volta e das preocupações que acompanham.

Evite exceder na porção de moda, itens, brinquedos, etc. Comece antes de sair de casa, fazendo as malas com atenção. Por isto, rápido somente o preciso para você e para eles. Dessa maneira você evita malas pesadas para transportar e milhares de itens para cuidar ao longo as férias. Os produtos importantes para alucinar-se com as crianças, por si apenas, já são bem numerosos pense nos brinquedos, cadeirinhas e demais acessórios.

É fundamental não se esquecer de provocar tudo o que pode ser preciso, como remédios, fraldas, lenços umedecidos e lanchinhos. Previna-se em oposição a situações inesperadas.
Dê aos seus filhos suas próprias malas para transportar estes produtos e aproveite para ensiná-los a cuidar deles. É fundamental similarmente provocar brinquedos e jogos que mantenham os pequenos entretidos você vai agradecer nos dias de abundância na praia.

Em algumas situações, elas são isentas de coleta. As companhias similarmente são capazes de diminuir os produtos que precisam ser levados na bagaceira de mão para elas como mamadeiras, remédios, etc. Consulte todas as condições antes de arrastar, para evitar contratempos. Se você vai alucinar-se de ônibus ou avião, fique atenta às regras de transporte para as crianças.

Faça uma listagem de atrações que pode ser interessantes para as crianças. Não hesite similarmente em provocar os alimentos que sobraram com você. No momento das refeições, verifique se o restaurante não possui pratos especiais para os pequenos. A apetite deles pode aboiar a qualquer hora. Em seu destino, aproveite as atrações gratuitas.

Você pode recarregar as garrafinhas em hotéis ou restaurantes e não deverá adquirir bebidas a todo hora. Permitir líquido aos pequenos é fundamental para evitar a desidratação e seus sinais incômodos. Viaje com suas próprias garrafinhas de água.

Para acabar, procure descansar. Parta sabendo que a viagem com as crianças pode ser estressante em alguns momentos aquele congestionamento na autoestrada, atrasos nos voos, dias chuvosos. Mantenha constantemente o alto astral e tente abalançar-se os seus filhos no momento em que as coisas complicarem. O bom humor deles várias vezes depende do seu.